Artigos

25 de agosto de 2019
Share on facebook
Compartilhe
Share on google
Compartilhe
Share on twitter
Compartilhe
Share on linkedin
Compartilhe

Pílula Anticoncepcional diminui a fertilidade da mulher?

Pílula Anticoncepcional diminui a fertilidade da mulher?

Muitas mulheres que usam regularmente a pílula anticoncepcional questionam se o uso do medicamento pode afetar as chances de engravidar no futuro. Segundo um estudo publicado na revista Human Reprodution, o uso contínuo de pílulas anticoncepcionais não diminui as chances de engravidar em comparação às mulheres que não usam. Além disso, o anticoncepcional, também, pode ser usado em técnicas de reprodução assistida com o objetivo de corrigir disfunções hormonais antes da fertilização in vitro.

Uma causa comum da diminuição da fertilidade identificada após abandonar a pílula é a infertilidade relacionada à idade avançada. Então, é possível que ao longo dos anos, por fatores alheios ao uso do anticoncepcional, como por exemplo a idade e doenças como a endometriose, afete a fertilidade da mulher.

Na maioria das mulheres, o efeito do anticoncepcional é revertido em até três meses após a suspensão, com normalização do ciclo menstrual e ovulação. A pílula anticoncepcional é considerada uma revolução dentro da medicina feminina. Ela possibilitou a muitas mulheres o poder de escolha, mas, como todo medicamento, precisamos ser  usada com cuidado. O ideal é sempre procurar um ginecologista para ele avaliar e solucionar o problema

 

Fonte: Human Reproduction. Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia (ESHRE). Agosto de 2019.

Texto escrito pela Dra. Lilian Serio. Especialista em Medicina Reprodutiva. Diretora da Clínica Fertibaby Ceará.

 

Artigos relacionados

× Como posso te ajudar?