Atendimento ao Cliente: +55.85.3182.8300 - 3182.8800 - 98676.8008 / contato@fertibabyceara.com.br

Obesidade dificulta a gravidez?

Obesidade dificulta a gravidez?
26 de janeiro de 2018 Dra. Lilian Serio

Os índices de obesidade vêm crescendo, há anos, no mundo inteiro. Cada vez mais casais com sobrepeso ou obesidade têm apresentado uma dificuldade maior em engravidar, sendo diagnosticados com infertilidade.

Sabe-se que o excesso de peso tem relação com um tempo maior para se atingir a gravidez naturalmente, causando alterações de ovulação e redução do número de espermatozoides entre outras tantas possíveis, podendo levar até a casos de azoospermia (ausência de espermatozoides).

Baseado nessas evidências científicas, pesquisadores do Reino Unido, realizaram uma pesquisa para tentar identificar os benefícios da perda de peso sem intervenção cirúrgica, ou seja, sem uma cirurgia bariátrica, por exemplo, na capacidade fértil de casais com obesidade ou sobrepeso.

A pesquisa demonstrou que uma dieta com redução de calorias e a realização de atividades físicas aumentaram as taxas de gravidez, pois levaram a uma redução do peso e a um aumento das taxas de ovulação e de quantidade e qualidade seminal.

Portanto, concluiu-se que as intervenções buscando a redução do peso em casais com sobrepeso ou obesidade leva a melhores taxas de gravidez espontânea. A combinação de uma dieta de baixa caloria (com redução da ingestão de gorduras e carboidratos) e a prática de atividades físicas aeróbicas deve ser a base do processo na busca do equilíbrio corporal e da melhor fertilidade.

Assim, mais uma vez, dados científicos demonstram a importância de hábitos saudáveis de vida para uma boa manutenção do peso corporal e consequentemente de uma boa fertilidade.

Fica a dica, coma menos e melhor e mova mais o corpo.

Fonte: Human Reproduction Update, ESHRE (Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia). Dezembro de 2017.

Texto escrito por Lilian Serio, especialista em Medicina Reprodutiva e Diretora da Clínica Fertibaby Ceará.

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*