Atendimento ao Cliente: +55.85.3182.8300 - 3182.8800 - 98676.8008 / contato@fertibabyceara.com.br

Refrigerantes normais ou lights e adoçantes podem piorar qualidade embrionária

Refrigerantes normais ou lights e adoçantes podem piorar qualidade embrionária
1 de março de 2018 Dr. Daniel Diógenes

Várias pesquisas têm sugerido uma associação entre o consumo de refrigerantes lights e problemas diversos de saúde. Baseado nesses dados, pesquisadores brasileiros investigaram a associação entre o consumo de refrigerantes lights e café com adoçante nos resultados dos ciclos de fertilização in vitro. Foram analisadas 524 pacientes.

Os dados demonstraram que um consumo de mais de três doses de refrigerante normal e o consumo de qualquer quantidade de refrigerante light foi associado a uma menor qualidade dos embriões de segundo e terceiro dia de vida e a um leve efeito negativo na formação de embriões de quinto dia (blastocistos), além de uma diminuição nas taxas de implantação embrionária e nas taxas de gravidez.

O consumo de café com o uso de adoçantes, também, foi associado com pior qualidade embrionária. Apesar desses dados, o consumo de adoçantes não interferiu na taxa de nascimentos de crianças vivas.

Assim, mulheres que irão se submeter a uma fertilização in vitro devem ser avisadas do potencial efeito negativo dos adoçantes e do açúcar nos tratamentos de reprodução assistida. Mais uma vez, evidenciam-se efeitos ruins das substâncias químicas que utilizamos, nos dias atuais, em nossa alimentação. Sem dúvida, quanto mais natural e menos artificial forem os alimentos que consumimos, melhor será nossa saúde reprodutiva.

Fonte: RBOnline (Reproductive BioMedicine Online). Fevereiro de 2018.

Texto escrito por Daniel Diógenes. Especialista em Medicina Reprodutiva. Diretor Técnico da Clínica Fertibaby Ceará.

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*