Atendimento ao Cliente: +55.85.3182.8300 - 3182.8800 - 98676.8008 / contato@fertibabyceara.com.br

Novembro Azul: Assim como o Câncer de Próstata, o Câncer de Testículo pode afetar a Fertilidade  

Novembro Azul: Assim como o Câncer de Próstata, o Câncer de Testículo pode afetar a Fertilidade  
21 de novembro de 2018 Dr. Daniel Diógenes

No mês mundial de conscientização sobre os cuidados com a saúde do homem por conta do risco de câncer de próstata, é importante ter em mente que é preciso, também, estar alerta para a prevenção e os tratamentos de outros tipos de câncer exclusivamente masculinos e doenças associadas, como a infertilidade.

Homens inférteis parecem ter um maior risco de desenvolver um câncer de testículo, por exemplo, ao mesmo tempo em que homens com câncer de testículo têm um risco muito maior de desenvolver uma infertilidade.

Apesar de ser raro e corresponder a apenas 5% do total dos cânceres que atingem os homens, o câncer de testículo pode afetar homens em idade reprodutiva – entre 20 e 40 anos – e deixa-los inférteis, podendo levar inclusive a quadros de azoospermia (ausência de espermatozoides na ejaculação). Nesses casos, durante o procedimento cirúrgico para o tratamento do câncer, podem ser retirados fragmentos de testículos para serem avaliados com relação à presença de espermatozoides, podendo assim ser realizado o congelamento dos mesmos, para que, posteriormente, possa ser tentado um tratamento de medicina reprodutiva.

A outra opção indicada é que seja realizado um espermograma e congelamento de sêmen antes do tratamento oncológico, tendo em vista que a radioterapia e a quimioterapia podem afetar drasticamente a qualidade seminal.

Devemos lembrar que os homens são responsáveis de maneira isolada por 30% das causas de infertilidade. Dentre as principais causas de infertilidade masculina, está a varicocele (presença de varizes na região testicular), infecções, obesidade, tabagismo, uso de drogas e anabolizantes, alterações genéticas e hormonais e a idade, que, também, afeta negativamente a qualidade e quantidade seminal.

Sempre se deve avaliar a fertilidade masculina em casos de infertilidade e é preciso sempre pensar em preservação da fertilidade antes de um tratamento para qualquer tipo de câncer. Os homens, assim como as mulheres, têm, nos dias atuais, excelentes taxas de cura para a maioria dos cânceres e devem usar os benefícios da preservação da fertilidade, por meio do congelamento de espermatozoides e óvulos, antes de se submeterem a uma quimioterapia ou a uma radioterapia.

Preservar a fertilidade é fundamental nos dias atuais.

Fonte: SBRA (Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida). Novembro de 2018.

Texto escrito por Daniel Diógenes. Especialista em Medicina Reprodutiva. Sócio-Diretor da Clínica Fertibaby Ceará.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*