Atendimento ao Cliente: +55.85.3182.8300 - 3182.8800 - 98676.8008 / contato@fertibabyceara.com.br

Entenda como pode ser feita a Doação de Sêmen: saiba quais são as Regras e os Pré-requisitos

Entenda como pode ser feita a Doação de Sêmen: saiba quais são as Regras e os Pré-requisitos
3 de junho de 2019 Dra. Lilian Serio

Muitos casais que desejam engravidar não entendem como ocorre o processo de doação de sêmen e isso pode, muitas vezes, ser um empecilho para a concretização do sonho por conta da falta de informação. De acordo com o Conselho Federal de Medicina (CFM), toda doação de sêmen deve ser anônima e sem nenhum tipo de envolvimento financeiro – ao contrário de outros países, como os EUA, por exemplo, em que a identidade do doador pode ser revelada. Ainda segundo o CFM, para poder realizar uma doação de sêmen, é ideal que o homem tenha no máximo 50 anos e que ela seja feita de forma voluntária.

A doação não pode ter caráter lucrativo ou comercial. As clínicas de reprodução humana não podem pagar a um homem pelo sêmen doado, sob pena de irem contra as determinações da Resolução CFM nº 2.121/2015, o que é passível de punição.

As clínicas onde são feitas as doações devem manter, permanentemente, um cadastro e uma amostra do material celular dos doadores, de acordo com a legislação vigente, mas quem vai receber o sêmen não pode ter acesso a essas informações, sendo mantida em sigilo.

Essa doação é anônima, ou seja, o sêmen tem que ser doado por alguém que não seja próximo ou conhecido da pessoa que vai receber essa doação. Talvez essa realidade mude no Brasil, tendo em vista uma nova resolução que pode sair ainda esse ano envolvendo a questão da multiparentalidade (“gravidez entre amigos, sem envolvimento sexual”), mas é algo que ainda precisa ser estudado.

A prática de doação de sêmen deve ser disseminada. As pessoas costumam doar sangue para salvar uma vida, mas precisam saber que doar sêmen pode ajudar a dar uma nova esperança de vida para um casal infértil ou homoafetivo. Conhecer as regras e os pré-requisitos é o primeiro passo para a realização dessa ação.

Fonte: SBRA (Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida). Junho de 2019.

Texto escrito pela Dra. Lilian Serio. Especialista em Medicina Reprodutiva. Diretora da Clínica Fertibaby Ceará.

 

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*