Atendimento ao Cliente: +55.85.3182.8300 - 3182.8800 - 98676.8008 / contato@fertibabyceara.com.br

Cientistas desenvolvem óvulos humanos em laboratório e descoberta pode ser mais uma alternativa contra a infertilidade

Cientistas desenvolvem óvulos humanos em laboratório e descoberta pode ser mais uma alternativa contra a infertilidade
22 de fevereiro de 2018 Dra. Lilian Serio

Um grupo de cientistas do Reino Unido e dos Estados Unidos conseguiu, pela primeira vez, desenvolver óvulos humanos em laboratório até a fase final de maturação, fase em que os mesmos encontram-se prontos para serem fecundados. O experimento foi divulgado no início de fevereiro deste ano, na Revista Molecular Human Reproduction. A descoberta pode ajudar a desenvolver novos métodos contra a infertilidade.

Cientistas de outros países já haviam conseguido atingir diferentes estágios de desenvolvimento destes gametas, mas nunca até a maturidade total, ponto em que na natureza, são liberados pelos ovários e fertilizados. Os óvulos foram desenvolvidos a partir do tecido ovariano de dez mulheres. Apesar de representar mais um grande avanço para a área, a técnica ainda está em fase experimental.

No futuro, caso seja comprovada a segurança do processo e a garantia de que esses óvulos darão origem a embriões de qualidade e que levem ao nascimento de bebês saudáveis, a nova tecnologia pode ser mais uma alternativa para ajudar mulheres a preservar sua fertilidade.

O método pode ainda ser uma nova aliada de pacientes com câncer, que precisam preservar sua fertilidade antes de iniciarem o tratamento da quimioterapia, mas, ainda é preciso ter cautela para concluir se esses óvulos têm potencial para serem utilizados nas técnicas de reprodução assistida.

Fonte: Universidade de Edimburgo, Reino Unido. Molecular Human Reproduction, ESHRE (Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia). Fevereiro de 2018.

Texto escrito por Lilian Serio. Especialista em Medicina Reprodutiva. Diretora da Clínica Fertibaby Ceará.

 

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*