Atendimento ao Cliente: +55.85.3182.8300 - 3182.8800 - 98676.8008 / contato@fertibabyceara.com.br

Casais que desejam ter filhos precisam ter Relação Sexual pelo menos três vezes por semana: Mito ou Verdade?

Casais que desejam ter filhos precisam ter Relação Sexual pelo menos três vezes por semana: Mito ou Verdade?
17 de junho de 2019 Dra. Lilian Serio

Mito ou verdade? Muitas mulheres e casais perguntam se a frequência sexual está diretamente ligada às chances de ter uma gravidez espontânea e a resposta é sim. Estudos e especialistas de toda parte do mundo avaliam que manter relações sexuais diariamente ou em dias alternados, principalmente durante a semana que antecede a ovulação, intensifica de forma considerável as oportunidades de se conseguir uma gestação.

A recomendação, hoje, é que um casal que tente engravidar, tenha atividades sexuais diárias ou pelo menos três vezes por semana, sobretudo após o fim do período menstrual. A ovulação, na maioria das mulheres, ocorre 14/15 dias antes da menstruação seguinte. Porém, mesmo as mulheres que tem ciclos regulares, pode haver uma ovulação precoce ou tardia. Como não há uma certeza de quando se vai ovular, é necessário ter relações sexuais todo dia ou pelo menos três vezes por semana para garantir que se tenha uma reserva de espermatozoides em movimento no corpo.

Outra dúvida de muitos casais tentantes é sobre se a frequência regular enfraqueceria a concentração de espermatozoides, isso é um mito. A relação sexual regular não enfraquece a concentração, a qualidade ou a quantidade de espermatozoides, pelo contrário, em homens que tem baixa concentração de espermatozoides, essa concentração até aumenta.

A atividade sexual regular significa que se tem, sempre, espermatozoides no trato genital feminino, esperando o óvulo a qualquer momento.

Precisamos desmistificar essas questões, porque muitas vezes são um empecilho para os casais que tentam engravidar.

Fonte: Fertility and Sterility. Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM). Junho de 2019.

Texto escrito pela Dra. Lilian Serio. Especialista em Medicina Reprodutiva. Diretora da Clínica Fertibaby Ceará.

 

 

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*